WhatsApp Image 2021-08-30 at 08.17.29
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Por: Michele Faifer

No dia 26/08, a coordenadora do curso de direito Dandara Amorim, os Professores Douglas Mezacasa e Ingrid Soares, e o acadêmico do 6º semestre do curso de direito noturno Gabriel Luiz, estiveram no Lar da Providência (Associação Beneditina da Providência) na cidade de Aragarças – GO, entregando as fraldas geriátricas que arrecadaram na campanha no mês de junho e julho.

A projeto “Quem ampara, Protege: Campanha de Arrecadação de Fraldas Geriátricas, foi uma inciativa dos acadêmicos do 4° semestre do curso de direito noturno. Ele foi criado em junho, no mês da conscientização da violência contra a pessoa idosa, que também é conhecido como junho violeta. O projeto de prestação de serviço visa atender as pessoas maiores de 60 anos hipossuficientes que necessitam usar fraldas geriátricas e não possuem condições financeiras para adquirir.

O junho violeta foi criado em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (INPES) com o objetivo de sensibilizar a sociedade para o combate das diversas formas de violência cometida contra a pessoa idosa.

A coordenadora Dandara Amorim explicou: “o Estatuto do Idoso assevera que o envelhecimento é um direito personalíssimo, sendo intransmissíveis e irrenunciáveis, não podendo o seu exercício sofrer limitação voluntária, cabendo ao Estado e a sociedade garantir à pessoa idosa a proteção à vida e à saúde, mediante efetivação de políticas sociais públicas e cursos e programas de extensão ofertados por Instituições de Ensino Superior que permitam um envelhecimento saudável e em condições de dignidade, portanto a campanha visava promover o respeito e à valorização do idoso”.

Segundo a coordenadora do curso de direito Dandara Amorim essa foi a primeira edição do projeto “Quem ampara, Protege: Campanha de Arrecadação de Fraldas Geriátricas”, e o curso de direito pretende estender o projeto para os anos subsequentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *