O suicídio tornou-se um problema grave de saúde pública. No Brasil, são 11 mil casos todo ano, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde. Diante disso, desde 2015, foram criadas ações no mês de setembro pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Sendo chamado de Setembro Amarelo.

O Curso de enfermagem do UNIVAR está aderindo à essa campanha com o objetivo de promover espaços para discussão e divulgação de iniciativas contra o suicídio.

Durante o mês de setembro, o curso estará realizando ações e divulgando no site e mídias sociais informações sobre o combate ao suicídio, a atuação do profissional de enfermagem no cuidado à saúde emocional. A professora e enfermeira Nasciane Devotte ressalta: – “O profissional de Enfermagem tem um papel muito importante no cuidado ao paciente em risco ou que tenha tentado o suicídio, pois em relação a equipe de saúde, o enfermeiro é quem fica mais próximo, prestando os primeiros cuidados e enfrentando com ele as consequências físicas e emocionais.”

Campanha do abraço promovida pelo curso de enfermagem.

O cuidado pode ser difícil, pois exige não somente o domínio da técnica, mas principalmente, humanização. É preciso ter escuta ativa, que significa estar presente, prestando atenção à fala do paciente e compreendendo-o. O ponto mais importante do tratamento é a formação de vínculos, que pode ser exercitada tanto por técnicos quanto por enfermeiros. No serviço terapêutico e no estabelecimento de rotinas de assistência, a atuação do enfermeiro será voltada a conhecer mais profundamente a história de vida do paciente, contribuindo para evitar futuros riscos à sua vida.

Devotte ainda destaca que o ideal seria que em todos os meses do ano o tema fosse tratado com veemência como durante o mês de setembro. Que as pessoas fossem mais compreensivas e solidárias com as dores do próximo.

Para mais informações as redes sociais do curso de Enfermagem estarão disponibilizando informativos sobre o assunto, acesse@enfermagemunivar. Vale ressaltar a importância de estar atento aos comportamentos de pessoas de seu convívio e caso você necessite de maiores informações, o número 188 é reservado para ligações de apoio à pessoas que desejam conversar por telefone. É GRATUITO E SIGILOSO.