Animais de estimação para muitas pessoas é considerado parte da família. Essa relação de amor e afeto com os pets é antiga. No Oriente Médio os seres humanos a 6 mil anos atrás cultuavam os felinos como sendo deuses superiores. Hoje muita coisa mudou nessa relação, especificamente aqui no Brasil. O país é responsável pela 4ª maior população de animais domésticos do mundo. O número é expressivo, 44,3% dos domicílios possuem pelo menos um cachorro e 17,7% um gato. Os dados são resultados de uma pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2013. A população de pets nos lares brasileiros ultrapassa a quantidade de crianças, em 2015 a porcentagem de crianças era 38,1% nas casas urbanas. Ou seja, a mais cães do que crianças nos lares brasileiros.

Concomitantemente a esses dados, têm aumentado cada vez mais animais abandonados nas ruas, terrenos baldios e estradas. Isso se deve a uma guarda irresponsável, é o que reverbera a médica veterinária Drª Renata Santos responsável pela disciplina de zoonoses e saúde pública.

“A Guarda Responsável é importante desde o momento da adoção do seu animal de estimação. O abandono de cães e gatos nas ruas, pode configurar crime de maus-tratos além disso, pode favorecer a transmissão de doenças entre os animais e também entre os animais e os seres humanos (zoonoses)”.

Com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da guarda responsável e castração o 4º ano de Medicina Veterinária participou de uma tarde de panfletagem como atividade da disciplina ministrada por Renata. Cerca de 12 alunos foram à praça Sebastião Júnior no centro de Barra do Garças realizar a ação. O discente Anderson Cambaúva esteve presente e defendeu essas ações junto à comunidade externa como forma de complemento ao conteúdo ministrado em sala de aula.

“Para nós futuros médicos veterinários é importante demais participar dessas atividades podendo passar informações a população e conscientizar sobre a guarda responsável de cães e gatos. ”

Além dos discentes e da professora responsável pela disciplina Drª Renata Santos a coordenadora Ana Boing também compareceu a panfletagem para auxiliar os alunos.