O objetivo é garantir que a utilização de animais em atividades de ensino e pesquisa sejam realizadas de acordo com as normativas do Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA), órgão integrante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

O Centro Universitário do Vale do Araguaia (Univar) por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa, obteve credenciamento institucional para o funcionamento da Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) com o objetivo garantir que as atividades de ensino e pesquisa com o uso de animais seja realizada de acordo com os critérios dispostos na Lei Arouca.

A Comissão de Ética no Uso de Animais do UNIVAR (CEUA – UNIVAR) estabelece parâmetros éticos em protocolos de aula prática, trabalhos de iniciação científica e pesquisas dentro do âmbito institucional e também avalia aspectos éticos de projetos de pesquisa de outras instituições de ensino da região do Médio Araguaia, além de atender as demandas do CONCEA.

A CEUA – Univar também desenvolve um trabalho educativo e de conscientização continuados, buscando permear e influenciar o comportamento da comunidade acadêmica na utilização de animais em pesquisa e ensino enfatizando que produções científicas que possuem validação ética garantem qualidade científica aliada ao bem-estar dos animais utilizados.

A Comissão norteia suas ações em diretrizes nacionais e internacionais para a manipulação de animais e baseia-se nos princípios éticos propostos pela teoria dos 3 Rs: Replace, Reduce and Refine (substituir, reduzir e refinar), proposta pelo Zoologista William M. S. Russell e pelo Microbiologista Rex L. Burch, 1959.

A Pró-Reitora de Pesquisa, do Univar, Stephania Luz, acrescenta: “A comisão sugere medidas que minimizem o sofrimento, a dor e a exposição ao  cansaço e incentiva a substituição do uso de animais nestas atividades por métodos alternativos, sempre que possível”.

É o Centro Universitário do Vale do Araguaia (Univar) investindo em pesquisa e no desenvolvimento da nossa região.