O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) promoveu nessa semana (de 16 a 19 de fevereiro) em Barra do Garças- MT, o Curso de Planejamento e Manejo de Trilhas. Ministrado pela bióloga Carolina Pötter de Castro, que atua como analista ambiental do ICMBio, juntamente com voluntários. O curso consiste em aulas práticas e teóricas e é uma parceria entre Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (IBAMA), Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMA), Centro Universitário do Vale do Araguaia (UNIVAR), e ICMBio.

A parte conceitual foi realizada nas dependências do Univar, com presença do Biólogo e docente Anderson Assis de Faria, que além de participar ativamente do curso também representou o Centro Acadêmico e o seu Núcleo de Educação Ambiental.

Carolina nos revelou que o curso é voltado para um público alvo específico, pessoas que já trabalham com a temática como profissionais bombeiros, engenheiros civis, ambientalistas, entre outros.

Esteve presente também colaborando com seus ensinamentos o coordenador-geral de Uso Público e Negócios do ICMBio, ex-chefe do Parque Nacional da Tijuca e diplomata de carreira, Pedro da Cunha e Menezes. Foram repassadas informações sobre métodos de planejamento de trilhas terrestres, parâmetros de avaliação de capacidade de suporte dos atrativos e técnicas de manejo.

Em entrevista Pedro fala sobre a importância das trilhas serem feitas adequadamente tanto nos aspectos de segurança quanto na sustentabilidade. Além disso, o diplomata ressalta a transformação das trilhas não apenas em rotas que levam a destinos turísticos, mas sim, em caminhos atrativos que se tornam turismo.

Vale ressaltar que a atividade de manejo minimiza os impactos biofísicos das atividades de caminhada, mantendo os aspectos naturais de cada bioma.