NOTA DE ESCLARECIMENTO

NOTA DE ESCLARECIMENTO

No dia 12/12/2019, o jornal online Araguaia Notícias divulgou uma matéria sobre indicadores de qualidade do Ensino Superior brasileiro referente ao ano de 2018, em que trata do CPC – Conceito Preliminar de Curso e do IGC – Índice Geral de Cursos do Centro Universitário Unicathedral. No decorrer da matéria é apresentado um quadro comparativo do CPC dos cursos de graduação do Unicathedral e de outro Centro Universitário Privado de Barra do Garças, de modo a induzir o leitor a concluir que o Curso de Direito do UNIVAR está sem conceito (S/C).

Desta forma, o UNIVAR vem respeitosamente esclarecer a sociedade sobre os processos de regulação e avaliação determinados pelo MEC – Ministério da Educação/INEP para que não haja dubiedade, subjetividade, distorção diante dos conceitos de qualidade aferidos pelo órgão competente do Governo Federal em relação aos Cursos e a Instituição de Ensino Superior.

O CPC/2018 é um indicador de qualidade composto por diversos critérios avaliativos, inclusive da nota do ENADE/2018 – Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, sendo uma prova aplicada pelo MEC/INEP apenas aos acadêmicos concluintes.

O Curso de Direito do UNIVAR foi autorizado no segundo semestre do ano de 2018 com CC – Conceito de Curso 4 (QUATRO), iniciando as atividades em 2019. Logo, o Curso de Direito do UNIVAR não participou do ENADE/2018.

Diante deste contexto, o Reitor Marcelo Soler esclarece o motivo pelo qual o Curso de Direito do UNIVAR está sem conceito, e reforça que há 30 anos a Instituição promove uma educação de qualidade pautada em valores éticos e fidedignos à legalidade determinada pelo MEC. E ainda, destaca que Curso de Direito é pautado na excelência do seu corpo docente formado por 100% de mestres e doutores. Acreditamos que é possível oferecer à sociedade o que há de melhor na educação com o único Centro Universitário do Vale do Araguaia com Conceito Institucional 5 (INEP/MEC/2018).

Deixe seu comentário

× Chamar no Whats!