Na última sexta-feira (31/08/2019) em uma aula prática sobre ginástica laboral a professora Carla Roberta, responsável por ministrar a disciplina de Saúde do Trabalhador no curso de Enfermagem convidou a egressa do curso de Fisioterapia, Amanda da Mata.

Segundo a professora Carla Roberta é muito importante os acadêmicos terem contato com um profissional atuante que já aplica em suas atividades cotidianas tais técnicas. A ginástica laboral é uma série de exercícios físicos realizados no ambiente de trabalho, que tem por objetivo a melhoraria da saúde e evitar lesões dos funcionários por esforço repetitivo e algumas doenças ocupacionais.

O mercado de trabalho atual é direcionado, na maioria das vezes, a trabalhos repetitivos, que condicionam a má postura, a manter-se em uma uma única posição durante horas, como por exemplo o uso de computadores ou smartphones. A LER (lesão por esforço repetitivo) é muito conhecida popularmente, porém é apenas uma das patologias que podem ser ocasionadas pela falta de alongamento diário. As empresas que adotam a ginástica laboral tem significativamente seus profissionais mais capacitados para realizarem suas atividades, além de não obterem lesões comumente.

De acordo com Amanda, a prática de exercícios no trabalho é essencial, pois é capaz de tornar o ambiente profissional muito mais agradável, além de prezar pela saúde dos profissionais. Vale reforçar que além da saúde física, tais exercícios podem auxiliar consideravelmente na saúde mental, diminuindo níveis de estresse, ansiedade e outros.