Nesta edição, o agrônomo Caíque Helder Nascentes Pinheiro que mora em São José do Xingu nos conta um pouco da sua história na série de depoimentos da família UNIVAR e egressos.

“Atualmente eu trabalho na empresa Araguaia Produtos Agropecuários  que tem 41 anos de mercado e 30 lojas nos Estados de Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal. Além disso, contamos com 5 fábricas, nas cidades de Rondonópolis, Sorriso, Catalão, Anápolis e Confresa. Eu estou trabalhando na região de Confresa que é uma nova unidade da empresa de produtos agropecuários.

A graduação não é um período muito fácil, várias pessoas passam por problemas pessoais. Caíque enfrentou logo nos primeiros anos a ausência de um ente querido.

“Eu enfrentei um momento bastante difícil na graduação que foi a perda do meu avô materno, a quem eu era muito ligado. Eu consegui superar com persistência e dedicação  e conclui o meu curso de agronomia, que era um sonho. ”

No Centro Universitário do Vale do Araguaia (UNIVAR) houve professores que foram muito importantes, a quem ele é muito grato.

“Vinicius Marca foi meu orientador do TCC me deu um norte em relação ao curso e me ensinou muita coisa sobre o mercado de trabalho. O professor Diego e a professora Lidianne Abud são amigos que levo comigo além da professora Janne Louise.”

Outra coisa que ele se recorda foi a dificuldade em relação a adaptação e a saudade da família.  “Meu pai mora em Porto Alegre do Norte e a família de minha mãe mora em Goiânia.  Acho que essa dificuldade é comum aos acadêmicos no primeiro ano da graduação de Ensino Superior, adaptação e distância da família,” relata o agrônomo.

Um conselho que ele deixa aos futuros agrônomos é sempre ter curiosidade e buscar mais conhecimento.

“Fiz estágio desde o primeiro ano do curso e foi o que me deixou inserido no mercado de trabalho quando me formei. Por isso eu defendo que a curiosidade, o foco e a força de vontade são essenciais para ser um bom profissional.”

Obrigada Caíque, muita sorte no seu futuro!