A fisioterapia desempenha um papel imprescindível na recuperação de pacientes acometidos por doenças. No mês de outubro, a campanha de conscientização ao câncer de mama realizado há alguns anos, têm chamado a atenção dessa classe profissional. Os Fisioterapeutas se adequam constantemente, para o auxílio do bem estar de seus pacientes e no tratamento pré e pós operatório do câncer mamário.  No último dia 15 foi realizada no auditório da Univar uma palestra com a médica Ginecologista e Obstetra Lissa Fernandes, juntamente com a professora e fisioterapeuta Juliana Weiler.

Durante a palestra foram abordadas questões de tratamento, mas principalmente sobre o auto exame e o diagnóstico precoce, que viabilizam um tratamento mais brando e rápido. Segundo a Dra. Lissa, o câncer de mama tem diversos estágios e estes influenciam nos tipos de cirurgias e tratamentos, mas a fisioterapia independente do estágio da doença e do tratamento tem como objetivo prevenir complicações, promover adequada recuperação funcional e consequentemente, propiciar melhor qualidade de vida aos pacientes.

Segundo a docente Juliana Weiler a fisioterapia tem papel fundamental tanto no pré-tratamento, durante e após o tratamento. Em cada uma dessas fases, é necessário conhecer e identificar as necessidades do paciente, instituindo tratamento fisioterapêutico visando minimizar e prevenir as possíveis sequelas.

No dia 18, no pátio da Univar, foi a vez dos acadêmicos promoverem uma ação de conscientização aos alunos dos demais cursos. Acompanhados da professora Juliana Weiler e do professor e coordenador do curso Abel Pompeu de Campos Júnior, de forma descontraída o tema foi levado aos transeuntes.

Perguntas relacionadas ao câncer de mama proporcionavam prêmios às pessoas que respondessem corretamente. Além disso, orientações sobre o auto exame, utilizando próteses confeccionadas pelos próprios acadêmicos auxiliaram o fácil entendimento.

As atividades foram extremamente importantes, não somente para relacionar as ações do profissional de Fisioterapia com a qualidade de vida do paciente oncológico, mas principalmente para a conscientização do auto exame, exames e consultas médicas com regularidade para o diagnóstico precoce.