Na última quinta-feira (14) aconteceu no Centro Cultural Valdon Varjão a 7ª edição da noite artística Maria Clara Machado. O evento idealizado pela professora Gersileide, hoje Pró-Reitora acadêmica, juntamente com o curso de Pedagogia foi uma tentativa muito bem sucedida de introduzir o teatro como uma prática pedagógica. Nesse ano, além do curso de Pedagogia, o curso de Educação Física também participou da organização e celebração do evento.

De acordo com a professora e coordenadora do curso de Pedagogia, Cristina Alves Moreira, o teatro está entre as atividades mais divertidas e educativas que podemos fazer com os nossos filhos e alunos. É um canal de expressividade, cultura, criatividade e trabalho em equipe, valores que as crianças vão absorver para a vida pessoal.

Em 2019, as produtoras e diretoras dos espetáculos foram as docentes Laira Bregolatto Lisboa e Laís Cristina Barbosa e tiveram por objetivo utilizar o teatro como uma janela criativa que estimula o conhecimento e a cultura em todos os seus espectadores, principalmente nas crianças.

Quando o espetáculo começa, a arte é responsável pela transmissão de emoções, valores e sentimentos, revela Cristina.

Em um mundo no qual a tecnologia é a grande protagonista, o teatro e também outras atividades, tais como cinema ou leitura, são espaços e ferramentas para deixar de lado os aparelhos eletrônicos, pelo menos por um tempo. Esse momento de ausência da tecnologia permite que as crianças se conectem com outras emoções.

Na atualidade os contos de fadas considerados clássicos estão sendo recriados e recontados. Essa recontagem é repleta de intertextualidade, de um dialogismo entre o tradicional e o moderno. Assim, os contos de fadas tradicionais, em suas estruturas e temas, são matrizes para as versões e adaptações.