Mobilidade: O uso da tecnologia em nossas mãos

Diante de uma nova sociedade denominada “sociedade da informação”, a comunicação tem se intensificado por intermédio de novas tecnologias que visam possibilitar novas formas de acesso àLaboratorio informatica informação e produção do conhecimento, podendo influenciar de acordo como o receptor absorve o fluxo informacional e utiliza-o social, culturalmente ou determinando tomada de decisões.

Cada vez mais as pessoas vão se conectar à internet por meio de um dispositivo móvel do que um PC (Computador Pessoal). O número de downloads de aplicativos móveis está em forte crescimento. Esta tendência está associada com a venda dos smartphones, celulares e tablet´s que cada vez mais estão integrando dispositivos como PDA (Assistente Pessoal Digital), GPS (Sistema de Posicionamento Global), internet, jogos e vários outros dispositivos.

O grande crescimento do desenvolvimento mobile gera novas oportunidades no mercado de trabalho. Para aproveitar essas oportunidades, devemos estar preparados para trabalhar com as principais tecnologias utilizadas no mundo mobile. Atualmente, a principal plataforma para desenvolvimento mobile é o Android. As aplicações Android são desenvolvidas com a linguagem Java.

Os dispositivos mobiles estão disponíveis em várias marcas e consequentemente possuem uma variedade de preços, onde o Android, permite uma programação altamente personalizada e dinâmica, ao contrário do iOS (iPhone, iPad) e outros Smartphones (Symbian, Windows Phone, WebOS).

IMG_9328 (Copy)Através de estudos e a crescente busca pela qualificação profissional dos nossos alunos nos conhecimentos de Análise de Requisitos, desenvolvimento em Web, em JAVA e recentemente, de aplicações para dispositivos móveis com o uso da Plataforma Android, que é a que mais cresce no mundo e está a cada dia tornando-se mais popular, pois, milhares de aplicativos são criados a cada dia tornando-a uma das plataformas com mais projetos em construção em diversas áreas, como saúde, desporto, negócios, entretenimento, relacionamento e segurança.

O tecnólogo em análise e desenvolvimento busca a cada dia atualizar e aprimorar seus conhecimentos em decorrência do constante surgimento de novas tendências e tecnologias na área da informação, e para dominá-la, é essencial um bom curso, onde ofereça a oportunidade de conhecer tecnologias e exercitar seus conhecimentos na criação de aplicações Web, JAVA e dispositivos móveis, que já mudaram o modo como vivemos e em breve vão mudar a nossa forma de trabalhar, pois, o acesso rápido à informação é uma estratégia fundamental para a realização de bons negócios.

Coordenador(a) do Curso: Jorieney Dias
Contato: tads@univar.edu.br

Identificação


IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

Mantenedora Associação Barragarcense de Educação e Cultura
Mantida Faculdades Unidas do Vale do Araguaia
Denominação Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas
Sigla TADS
Total de vagas anuais 60 (sessenta)
Turnos de funcionamento Noturno
Regime de matrícula Seriado anual
Carga-horária do curso 2.764 h/a, sendo 2.303,3 h incuindo libras, atividades complementares e Estágio.
Integralização Mínimo 03 anos e máximo 05 anos
Autorização de funcionamento Deferido pelo Decreto datado de 22 de março de 1995, publicado no Diário Oficial nº 057, de 23 de março de 1995.
Reconhecimento Curso Reconhecido pela Portaria nº. 2.686 de 25 de Setembro de 2002, publicada no D.O.U. de 27 de Setembro de 2002.
Portaria nº 104, de 16 de abril de 2006, publicada no D.O.U. de 17 de outubro de 2006.
Endereço de funcionamento Rua Moreira Cabral, 1.000 – Setor Mariano – CEP: 78.600-00 – Barra do Garças – MT
Diploma Tecnológico
Último CPC Conceito 3
Coordenador do Curso Esp. Jorieney Dias

Objetivos


OBJETIVO GERAL

O principal objetivo do Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas – TADS é formar profissionais éticos para atuarem na análise, planejamento, documentação e desenvolvimento de sistemas, subsidiados por um ensino acadêmico teórico/prático que possibilita a utilização de recursos computacionais aplicados aos setores produtivos e que também, venham aproximar a tecnologia à cidadania através de um profissional que se atualiza constantemente.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

De uma forma mais detalhada o curso tem como objetivos específicos:

  • Proporcionar formação humanística visando o respeito aos princípios éticos inerentes ao exercício profissional;
  • Proporcionar ao acadêmico, condições teórico práticas que possibilitem uma ação/reflexão profissional, social e pessoal com inserção global;
  • Incentivar que os setores produtivos (comerciais, industriais e de serviços) busquem na formação dos egressos o perfil para o estabelecimento de recursos tecnológicos em seus segmentos;
  • Propiciar que as inovações e avanços tecnológicos sejam assimilados pelos acadêmico-egressos e por eles aplicados na sociedade de maneira profissional e cidadã;
  • Instigar outros segmentos de formação específica na sociedade, tais como, técnico, secundarista e os profissionais estabelecidos no mercado, a participarem de cursos de extensão, encontros, seminários e simpósios, visando seu desempenho profissional e social;
  • Utilizar metodologias para que o acadêmico desenvolva o senso crítico e a criatividade para decidir e saber utilizar as inovações tecnológicas, mediante os processos de mudança;
  • Possibilitar aos egressos, além de uma visão humanística dentro do contexto tecnológico e social, uma formação continuada, atualizada e adequada para melhor desempenho profissional em diferentes modalidades;
  • Incentivar o espírito empreendedor e de inovação, de forma a gerar novos empregos, investimentos e incentivos regionais na área tecnológica.

Atuação


Seu campo de trabalho é bastante diversificado, podendo atuar em empresas de base tecnológica, sejam elas públicas ou privadas, firmas de consultoria, instituições de ensino, entre outros. As principais áreas de atuação do Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas incluem:

  • Análise de Sistemas;
  • Projeto de Sistemas;
  • Implementação de Sistemas (Desenvolvimento/Programação);
  • Implantação de Sistemas;
  • Suporte a Sistemas;
  • Administração de Redes de Computadores;
  • Gestão de Tecnologia da Informação;
  • Empreendimentos Tecnológicos;
  • Ensino e Pesquisa.

Egresso


O Tecnólogo em TADS será capaz de resolver problemas do dia-a-dia da população aplicando seus conhecimentos referentes à utilização da tecnologia como forma de analisar, projetar, documentar, implementar, testar, implantar e manter sistemas computacionais de informação.

Você será capaz de aplicar princípios e métodos da engenharia de software voltados à garantia da qualidade do software, avaliando e selecionando metodologias, ferramentas e tecnologias adequadas ao problema para então empregar linguagens de programação através de raciocínio lógico para o desenvolvimento destes sistemas.

Além disso, ter caberá ao aluno ter e aplicar os sensos ético crítico perceptivo para se adaptar, aplicar e conhecer novas tecnologias que contemplem o mercado de trabalho e a sua inserção social como cidadão.

O profissional egresso será capaz de empreender, administrar e agir com ética e responsabilidade perante a sociedade obedecendo à legislação vigente, buscando sempre a renovação dos seus conhecimentos técnicos constantemente, a fim de acompanhar a evolução da tecnologia e do mercado de trabalho.

Infra-estrutura


BIBLIOTECA

A IES conta com uma Biblioteca Central climatizada, onde disponibiliza aos acadêmicos salas de estudo em grupo, gabinetes para estudo individual, bem como bibliografias básicas e complementares, periódicos, computadores para pesquisas on-line e Wi-fi.

O acervo é atualizado anualmente de acordo com a solicitação dos docentes e a Coordenação do Curso. A biblioteca funciona nos três períodos – matutino, vespertino e noturno até as 22h30min.

LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA

Três laboratórios são específicos e exclusivos para os alunos do curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, sendo:

  • Dois Laboratórios de Informática e Computação;
  • Um Laboratório de Arquitetura de Computadores (Hardware);

Existe um quarto laboratório, de uso geral, para aulas práticas dos alunos do 1º Ano de TADS. Todos os computadores estão conectados à rede local das Faculdades Unidas do Vale do Araguaia e também à Internet. Além dos laboratórios, os alunos da instituição podem utilizar 20 (vinte) microcomputadores que estão à disposição na biblioteca para efetuar consultas à Internet.

Avaliação


O aproveitamento escolar será avaliado por meio de acompanhamento contínuo do acadêmico e dos resultados obtidos nas avaliações, nas atividades planejadas, projetos, seminários, relatórios e demais atividades programadas em cada disciplina e no exame final. Haverá em cada ano letivo, obrigatoriamente, no mínimo, 4 (quatro) verificações de aproveitamento, no valor de 0,0 a 7,0 (zero a sete) pontos, trabalho avaliativo com peso de 0,0 a 3,0 (zero a três) pontos, e 1 (um) exame final, sempre escrito. Nos casos das disciplinas que apresentam um carga-horária prática significativa, o peso das avaliações poderá ser alterado, sendo esta uma prática acordada entre o docente da disciplina e o coordenador do curso, que deverá compartilhar essa decisão com seu NDE.

Para as avaliações foram determinados os seguintes parâmetros: provas bimestrais sem consulta e individual, bem como avaliações feitas fora do recinto da Instituição de Ensino Superior, salvaguardamos os casos de Licença Maternidade, Doenças Infecto-Contagiosas e Sem Condições de Locomoção. Portanto, as provas bimestrais serão individuais e sem consulta ao material trabalhado. Também foram determinados os seguintes critérios de avaliação: Organização de ideias (raciocínio lógico); Clareza de expressão; Adequação ao tema proposto; Correção gramatical e ortográfica; Trabalhos elaborados de acordo com as regras da ABNT, que consiste da parte escrita e oral; Provas Práticas.

Além dos critérios expostos, como preconiza o PDI, o processo de avaliação deve estar pautado pelos critérios de contextualização, interdisciplinaridade e visão prática. A interdisciplinaridade ocorre na integração entre as várias unidades de ensino no processo de avaliação, e a visão prática decorre da avaliação de projetos práticos aplicados e integrados que são feitos durante o curso e com uma maior intensidade no último ano do Curso.



Downloads


Periódicos



Notícias


Veja essa e mais notícias relacionadas a este curso