O ser e a adequação social

A palavra inovação deriva etimologicamente do latim innovatio e novus, que significa “algo novo”, “novidade”, mudar a ordem preestabelecida das coisas para criar outras novas. No entanto, foi Joseph Schumpeter(1911), um economista, o primeiro a descrever o conceito de inovação. Segundo ele, psicologia_simboloo termo “ inovação” é um ato criativo que insere o “novo”, de acordo com o que pode ser “útil” no mercado. Esse conceito marca a passagem dos 25 anos da UNIVAR, da invenção à inovação.

Nesse sentido, Barra do Garças e região são agraciados com diversos cursos de graduação e pós graduação incluindo o de Psicologia, num processo adaptativo e visionário a novas necessidades e buscas de novas respostas a velhos e intermináveis problemas na criação do futuro, no desenvolvimento do presente e da dimensão do agora.

O nosso curso é inovador e incorpora produções científicas em temáticas contemporâneas voltadas para os campos da Psicologia e da Saúde, na articulação com a cultura, política, epidemiologia, qualidade de vida, processos sociais, apresentando, discutindo e permitindo reflexões críticas sobre: aspectos teórico-conceituais, metodológicos e modos de atenção (promoção, prevenção e intervenção) tanto no âmbito da saúde, especificamente, quanto no âmbito de políticas sociais de modo mais geral. A UNIVAR possibilita a toda comunidade local e regional com ampla abrangência a construção e o desenvolvimento de novos conhecimentos e ferramentas que atendam as demandas atuais de ensino, pesquisa e atuação, visando o desenvolvimento da Psicologia e atendendo seu papel de referência para as práticas profissionais na área da saúde e da cultura.

Nosso curso diferencia-se por tomar como objetos de estudos e intervenções as massas ou grupos quanto à prática do legislar sobre o coletivo como greves, linchamentos, invasões, racismos,
homofobias ou marketing e propaganda associadas aos especialistas e instituições atuando na coletividade ou mesmo particular em clínica de atendimento de grupo ou individual.  IMG_2792 (Copy)  O que precisa ser esclarecido para entender a relação do “social” com Psicilogia, quer concebida como ciência da mente (psique) quer como ciência do comportamento é como esse “social” pode ser pensado e compreendido desde o caráter assistencialista ou gestão racional da indigência na idade média até emergência das concepções democráticas nas ciências humanas no século XX.

De acordo com Japiassu, a psicologia hoje, tem a função social de adaptar os indivíduos à sociedade e suas instituições. Em sua ciência, homens ou animais, terão maior grau de desenvolvimento e equilíbrio quanto maior for sua adequação às relações existentes entre as pessoas, as instituições e a sociedade à qual está física ou psicologicamente inserido.

Nessa inovadora visão, a UNIVAR, através de modernos laboratórios, salas de aulas climatizadas, ampla biblioteca entre outras facilidades, incluindo sua localização, oferece possibilidades práticas a profissionais e estudantes de Psicologia nas atividades mais diversas quanto a readaptação, na orientação educacional e profissional, na empresa, no comércio, na propaganda, nos meios de comunicação de massa, dentre outros.

Coordenador(a) do Curso: Josemar Antonio Limberger
Contato: psicologia@univar.edu.br

Identificação


IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

Mantenedora ABEC – Associação Barragarcense de Educação e Cultura
Mantida Faculdades Unidas do Vale do Araguaia
Curso Psicologia
Ato autorizativo Portaria nº 632, de 28 de Novembro de 2013
Área de conhecimento Ciências Humanas e Sociais
Denominação do Curso Curso de Graduação em Psicologia
Turno de funcionamento Matutino
Vagas 60 (sessenta) – matutino
Regime de matrícula Anual
Carga-horária Total 4.828 horas/aula
Prazo de integralização Mínima: 5 anos
Máxima: 8 anos
Coordenador do Curso Josemar Antonio Limberger

Objetivos


Desenvolver ações fundamentadas cientificamente, no sentido de prevenir, promover, proteger e reabilitar a saúde psicológica e psicossocial de indivíduos e grupos, levando em conta os padrões de qualidade, dentro dos princípios legais e bioéticos; aprendendo continuamente, desenvolvendo e produzindo novos conhecimentos na área da Psicologia, a partir da prática profissional.

Atuação


O profissional, egresso do Curso de Graduação em Psicologia das Faculdades Unidas do Vale do Araguaia poderá atuar em clínicas psicológicas, nas áreas de recursos humanos, educação, saúde e assistência social de instituições públicas e privadas, hospitais, escolas, fóruns, na docência e na pesquisa. Além dessas possibilidades, amplia-se também à órgãos públicos e privados, espaços urbanos e rurais, gestantes, crianças, jovens, adultos, famílias, idosos; centros de saúde, de ensino; na justiça; no esporte; na mídia etc.

Egresso


Como subsídios para a definição do perfil do profissional a ser formado, utilizou-se pressupostos como: a formação crítica dos fenômenos sociais, a ética, a formação científica, o aperfeiçoamento contínuo da técnica psicológica, o contexto socioeconômico, cultural, educação e saúde.

Assim, considerando a amplitude da formação em Psicologia, o egresso do curso de Psicologia deverá ser capaz de:

  • atuar de forma competente nos diversos campos da Psicologia, dominando as ferramentas básicas de avaliação, diagnóstico e intervenção, utilizadas na promoção da qualidade de vida dos indivíduos, grupos, organizações e comunidade;
  • reconhecer os múltiplos referenciais que buscam apreender a amplitude do fenômeno psicológico em suas interfaces com os fenômenos biológicos e sociais;
  • compreender a diversidade e multiplicidade do fenômeno psicológico, respeitando as diferentes concepções de homem e de mundo, a partir das quais sua atuação deve ser pautada;
  • construir um espírito crítico e científico, estabelecendo os limites e respeitando as diversas formas de saber encontradas na comunidade acadêmica e nos diversos contextos em que irá atuar;
  • buscar continuamente uma reflexão atualizada do desenvolvimento da ciência psicológica e de suas interfaces com os outros campos do saber;
  • atuar de forma responsável e ética na condução de seu trabalho, respeitando o sigilo das informações a qual lhe são confiadas, nos mais diferentes contextos, e nas relações com outros profissionais e o público em geral.

Infra-estrutura


  • Laboratório de Anatomia Humana
  • Biotério
  • Laboratório Multidisciplinar
  • Laboratório de Química e Bioquímica
  • Laboratório de Psicometria
  • Brinquedoteca Itinerante

Avaliação


A Avaliação constitui-se em um processo contínuo e deve ser dialógico e reflexivo, envolvendo todos os momentos da relação ensino-aprendizagem: ensino (sala de aula), estágio, extensão e iniciação científica. Este espaço é de suma importância, pois propicia o aprimoramento da formação profissional e a construção de estratégias ao planejamento do trabalho do docente e da instituição conferindo flexibilidade nas metodologias de ensino e produção do conhecimento.

Dessa forma o colegiado de gestores respaldado pelo colegiado de curso constituiu o sistema avaliativo tendo como norte o Regimento Interno das Faculdades no tocante à avaliação e desempenho escolar do acadêmico. Segundo o artigo 42, a avaliação do rendimento escolar será feita por disciplina e incide sobre a frequência mínima (75%) e o aproveitamento escolar.

O aproveitamento acadêmico será avaliado por meio de acompanhamento contínuo do acadêmico e dos resultados obtidos nas avaliações, nas atividades programadas, projetos, seminários, relatórios e demais atividades programadas em cada disciplina e no exame final. Haverá em cada ano letivo, obrigatoriamente, no mínimo, 4,0(quatro) verificações de aproveitamento, no valor de 0,0 a 7,0 (zero a sete) pontos e 0,0 a 3,0 (zero a três sendo um ponto destinado a um teste surpresa e demais pontos em trabalhos acadêmicos), e 1 (um) exame final, sempre escrito.

Para as avaliações foram determinados os seguintes parâmetros: não serão mais adotadas avaliações com consulta e em grupos, bem como avaliações feitas fora do recinto da Instituição de Ensino Superior, salvaguardamos os casos de Licença Maternidade, Doenças Infectocontagiosas e Sem Condições de Locomoção. Portanto, as avaliações serão individuais e sem consulta ao material trabalhado.



Downloads